03 março 2011

koméksefaz?

Vai enviar-nos uma história? Excelente!
Não se deixe levar por ideias simples. Não se escreve a contar palavras! Se for por esse caminho, a sua criatividade vai estar ocupada com um assunto que nada tem que ver com o que se pretende.
Então…?

Então é assim... Os textos podem ser:
Texto livre - o que quiser;
Para cumprir um desafio - é só escolher um!
Claro que o texto não pode ter uma página, nem meia. Mas o importante é escrever a primeira versão sem preocupações. Só depois começamos a cortar… O resultado final irá ser muito mais pequeno.
Dói um bocadinho, é verdade, mas também é verdade que há palavras que repetimos sem necessidade: fazemos frases enormes com imensos “e” ou “e depois”; enchemos os nossos textos de “seus” e “suas”, de “eles” e “elas”, quando já se sabe de quem se fala; há muitas palavras que se podem eliminar! É um exercício de depuração da linguagem.
O resultado final é surpreendente. Conseguimos aproximar-nos mais da essência do texto, daquilo que é verdadeiramente importante contar, aproximamo-nos mais da prosa poética ou da humorística, aproximamo-nos mais do ritmo do texto. E fica tão equilibrado!
Depois é simples. Envie-nos o texto!

Para quem gosta mesmo de ser desafiado, haverá um desafio a cada dia 10, 20 e 30 de cada mês. 

O mail? É este - 77palavras@gmail.com 

(em castelhano)

Sem comentários:

Enviar um comentário