27 maio 2014

A reunião

O 99, número de idade considerável, escutava pacientemente as divagações do 66 que parecia atravessar uma crise de meia idade.
– Temos de fazer greve! – gritava 66. – Não nos respeitam, só jogos. Matemática nada!
– Acalma-te, uma greve nada resolve. Tudo começa no berço...
– Tu e as tuas ideologias. Estou farto! Greve. É o que precisamos.
– E as crianças que querem aprender?
– Poucas, bem poucas. Não se justifica tanto trabalho.

– Poucas ou não merecem o esforço, não te parece?

Carla Silva, 40 anos,  Barbacena, Elvas
Desafio nº 66 – números 66 e 99

Sem comentários:

Enviar um comentário