16 maio 2014

Catadupa

As emoções surgem em catadupa, tomam conta de mim, deixo de ter espaço para me encontrar. Todo eu sou essas emoções e as sensações que elas acarretam, manifestam-se intensamente e as palavras atrapalham-se dentro de mim, procurando se libertar, procurando ser ouvidas. Mas não encontro maneira de as expressar, elas ficam presas, engasgadas na profundeza dessas emoções. Todo eu sou esse pulsar de emoções vivas, galopando cada pedaço do corpo. Deixei de lutar, entrego-me e apenas observo.

Paulo Renato, 38 anos, Maia

Desafio RS nº 13 – … palavras atrapalharam-se dentro…

Sem comentários:

Enviar um comentário