02 maio 2014

O Reencontro

Parecia mentira, mas ela estava mesmo ali.
Antes que se desaparecesse mais uma vez, abordei-a.
– Sabes quem sou? – perguntei.
– Tenho uma pequena ideia… – respondeu, com alguma interrogação no olhar.
– Outrora fomos colegas de carteira…
Rimos, recordando os velhos tempos de escola em que éramos unha com carne.
Interrogámos como foi possível termo-nos separado apesar daquela amizade, tão verdadeira.
Será este o preço a pagar por esta vida demasiado ocupada?
Aquele nome nunca me sairá na memória: Pastorisa!

Catarina Azevedo Rodrigues, 41 anos, Lisboa

Desafio nº 65 – chamavam-lhe Pastorisa

Sem comentários:

Enviar um comentário