18 maio 2014

Sem palavras

Finamente chegara! Eram amigos desde crianças, almas gémeas. Sempre se apoiaram nos bons e maus momentos.
Este acidente fizera-o pensar que nunca lhe dissera o importante que era a sua amizade.
As palavras não eram o seu forte.
Ela beijou-o na face e estendeu-lhe um postal, leu-o: "os verdadeiros amigos falam sem precisarem de palavras".
Olhou-a, sorria, mais uma vez as palavras atrapalharam-se dentro de seu íntimo. Olharam-se mutuamente e voltaram a falar sem necessidade de palavras.

Carla Silva, 40 anos,  Barbacena, Elvas

Desafio RS nº 13 – … palavras atrapalharam-se dentro…

Sem comentários:

Enviar um comentário