23 julho 2015

Dentro de um mundo nosso

A vida revelava-se generosa. Acabara de ser mãe! Nada descrevia tamanha felicidade. Nada descrevia a plenitude. Um mundo mágico desenhava-se. Que força nos move? O que nos empurra? Que magia é esta? Ficamos prisioneiras deste amor. Um amor diferente, desigual. A vida agora redimensionava-se. Medimos mais, sendo menos. Nele reerguemos aquele ser. Nele esquecemo-nos de nós. Ofuscada nele, por ele. Nosso mundo agora pertence-lhe. Doamos tudo, mesmo tudo. Até a nossa vida! Se for preciso… Assim será!

Amélia Meireles, 62 anos, Ponta Delgada

Desafio RS nº 12 – texto em prosa com frases de 4 palavras

Sem comentários:

Enviar um comentário