15 julho 2015

Escrever um livro

José Pires é merceeiro e quis ser escritor. No momento de dormir o seu desejo é ler um livro divertido. Começou por ver exercícios, de escrever resumos dos livros lidos.
Depois com desenhos, preencheu os seus resumos, foi conseguindo perceber bem o que escreveu e, sorrindo, com um sopro, constrói um texto.
O merceeiro pegou no texto, leu o que escreveu e mencionou:
– Fenómeno! É giro o que escrevi…
Feliz gritou:
– Escrevi.
– Que bom, escrever um livro.

Lídia Ferreira Mendes

Desafio nº 37 – uma história sem usar a letra A

Sem comentários:

Enviar um comentário