31 julho 2015

O vento

Ana dançava no corredor da casa da avó, quando, de repente, um clarão iluminou todo aquele espaço.
De onde vinha aquela luz? Seriam as luzes do palco onde Anita se imaginava bailarina? Não eram! Era o Sol que brilhava nas janelinhas de vidros coloridos da porta de entrada! Um verdadeiro caleidoscópio!
Uma porta bateu. Ana assustou-se. Era o vento!
Então, era ele que tinha andado a brincar com as cortinas de renda, fazendo aquele jogo de luz?

Ana Maria Santos, 61 anos, Seixal

Desafio nº 94com clarão, porta a bater e ilusão

Sem comentários:

Enviar um comentário