27 julho 2015

Pudera...

Um clarão no céu iluminou tudo ao redor, enquanto o vento soprava com força, vergando os arbustos. O gato, assustado, corre e a porta bateu à sua passagem. Parecia que tinha asas nas patas!
Estranhei o silêncio da minha avó e perguntei-lhe se tinha ouvido alguma coisa. Respondeu que não. Fiquei ainda mais nervosa e insisti com ela. Não... não tinha ouvido nada...
Com ar condescendente, disse que era tudo ilusão minha... 
Pudera se ela é surda!

Leonor Costa, 73 anos, Lisboa

Desafio nº 94com clarão, porta a bater e ilusão

Sem comentários:

Enviar um comentário