30 dezembro 2015

Bem feito

Gostava. Gostava muito do Natal. Luzes, cores, vozes, tudo era lindo! Até a nostalgia das ausências.
O pior era o Ano Novo… Doze badaladas pseudo-mágicas, que tudo resolviam, em nome das quais todos estavam alegres e sonhadores.
Mas esta noite haveria boicote.
Ia adiantar o relógio grande, o que mandava nos festejos. Quando todos erguessem as taças, o palerma do Ano Novo já teria passado, sem saudações especiais.
Bem feito! Que mal lhe tinha feito o Ano Velho?

Fernanda Elisabete Silva Gomes - Vila Franca de Xira
Desafios nº 28 e 29 – Natal e Passagem de Ano


Sem comentários:

Enviar um comentário