25 janeiro 2016

Ai, a motivação

Há muito tempo que estão aqui, jogo após jogo. Vitória ou derrota. Treino sim, treino sim. Quantos campos percorremos juntos? Possivelmente mais de cinquenta. Viajar juntos era o melhor de tudo. O melhor depois de conseguir a vitória. Na derrota talvez não tenham recebido o melhor tratamento, talvez até tivessem alguma pancada de raiva. Não tenho perdão. Quando percebi que estavam completamente rasgadas, só podia deixar-vos descansar, amigas. Obrigado pela vossa motivação, feliz por ter-vos aqui comigo.

Alejandro Gonzalez Caro, 23 anos, Badajoz, prof Paula Pessanha Isidoro

Desafio Escritiva nº 4 – homenagem às sapatilhas

Sem comentários:

Enviar um comentário