20 janeiro 2016

Cor-de-rosa

As minhas sapatilhas cor-de-rosa foram feitas para dançar e rodopiar ao som do hip-hop e do reggaeton.
Mas são tão confortáveis que também gosto de as usar para caminhar. Foi numa destas caminhadas que, de repente, uma delas desfaleceu-me no pé… ficou totalmente estripada.
E apesar de as ter já há muitos anos e, provavelmente, elas estarem a reclamar por reforma, encetei uma derradeira tentativa de salvamento junto do senhor sapateiro. Qual cirurgião este: voltaram como novas!!!

Mireille Amaral, 40 anos, Gondomar
Desafio Escritiva nº 4 – homenagem às sapatilhas


Sem comentários:

Enviar um comentário