10 janeiro 2016

Desejos

Céu azul quase preto, mau tempo, chuva no resto do país, estou a espera de que amanhã chegue até aqui. Esse vento frio apodera-se dos meus ossos e eu a pensar em vermelho para aquecer-me. Gostava mesmo de ter um amor para ficar na rua de mãos dadas e não ter tanto frio. Será que nunca vou encontrar ninguém? Não, deve ser o mau tempo, estou a desejar que volte o verão para me aquecer sem ninguém.

Iván Grande Thompson, 24 años, Madrid, prof Paula Pessanha Isidoro
Desafio Escritiva nº 3 – texto com: chuva, vento, amor, azul, vermelho e rua

Sem comentários:

Enviar um comentário