09 fevereiro 2016

As minhas sapatilhas

Hoje é dia de homenagear as minhas primeiras All Star. Nos anos oitenta, quando o país se preparava para aderir a um grupo muito promissor chamado europa, a vida das famílias era difícil. O calçado e as roupas passavam de irmão para irmão, ou de irmão para primo. Nunca tinha tido umas sapatilhas novas. Tinha 15 anos. Fui trabalhar nas vindimas e ganhei o suficiente para as minhas verdadeiras sapatilhas. Foi sensacional. Duraram vários anos. Saudade delas!

Alda Gonçalves, 48 anos, Porto
Desafio Escritiva nº 4 – homenagem às sapatilhas 

Sem comentários:

Enviar um comentário