26 fevereiro 2016

Dia azarado

Fui comer leitão assado,
Num dia muito azarado,
Saltou-me a rolha do vinho,
Saí de lá esfomeado!

Para comer a preceito
Usei um almofariz,
Fiz tão fraca miscelânea
Que nem comi o que fiz!

Como um despertador,
O meu estômago apitava,
Veio uma bola de ténis
Acertou-me disparada!

Uma vespa furibunda,
No seu papel irritante,
Ferrou-me sem piedade!
Inchei como um elefante!

Aconteceu tudo isto…
E sabem qual o motivo?
Numa sexta-feira treze,
Não devia ter saído!

Maria do Céu Ferreira, 60 anos, Amarante

Desafio nº 23 – percurso de palavras obrigatório: leitão + rolha + almofariz + despertador + bola de ténis + vespa + papel

Sem comentários:

Enviar um comentário