03 março 2016

40 anos

Faz 40 anos que nos casámos, na verdade, nem sempre foi pêra doce.
Mas agora, agora sim é melhor que pêra doce.
Talvez pela minha paciência de saber esperar, e o destino quis-me compensar.
Talvez, mas se foi, agradeço ao destino.
Mas agora não me apetece pêra, são figos que eu quero, mas estão altos não lhes chego.
Vou telefonar-lhe, por certo virá buscá-los, para mim, ele sempre faz o que lhe peço.
Bolas; esqueceu-se do telemóvel.


Natalina Marques, 56 anos, Palmela

Sem comentários:

Enviar um comentário