22 março 2016

Fada-Madrinha

Chegou cansada antevendo a azáfama que a esperava: roupa espalhada, cozinha desarrumada, o jantar por fazer... Bolas, nem hoje que faço anos me pouparam! Lembrou-se então da fada-madrinha, aquela que tinha transformado a vida da Cinderela em princesa. Fechou os olhos e chamou-a. E com a rapidez de uma distracção tudo ficou impecável. Acordou. Ali estavam todos sorrindo. «Mãe, gostou da nossa surpresa?»
Foi tomada por um arrepio de dúvida. Sonhara ou haveria ali mão da Fada-Madrinha?

Isabel Lopo,70 anos, Lisboa

Desafio Escritiva nº 6 – poderes mágicos no corpo

Sem comentários:

Enviar um comentário