28 março 2016

Força, Mãe!

Quero a desforra! Uma vida justa! A minha alma é uma chaga aberta. Desde o início, o meu coração está em fogo. Agarro num pano, esfrego o monitor, como se pudesse apagar a minha dor. Não há hesitação! Quero a Mãe viva!!! Está tudo pensado! Tenho conhecimento da gravidade da situação. Isto não é ligeiro, é grave. Ninguém me tinha prometido que seria eterna. Não há palavra que estanque o medo.
É tarde. Preciso descansar. Força, Mãe!

Carla Augusto, 48 anos, Alenquer
Desafio nº 69 – lista de palavras, onde se inclui desforra


Sem comentários:

Enviar um comentário