25 março 2016

Mesmo a tempo

Tudo começou a vir à TONA, era um mentiroso NATO.
Bebeu qualquer coisa forte para digerir a mentira,
deixou uma NOTA em cima do balcão.
Dirigiu-se ao cais, queria vê-la uma vez mais.
Ela sentia-se na LAMA.
Meteu na MALA algumas recordações, que queria esquecer.
Levou na ALMA os momentos felizes e o sonho
de um dia poder revivê-los.
Chegou a tempo. Ia falar-lhe da noite de AMOR,
em ROMA, quando, em vez de morangos, comeram ROMÃ.

Natalina Marques, 56 anos, Palmela

Desafio RS nº 14 – três trios de palavras em anagrama

Sem comentários:

Enviar um comentário