20 março 2016

Paciência...

– Não te quero.
– Claro que queres.
– Já disse, não.
– Mas quem manda?
– Sou eu, claro.
– E onde foste?
– Lá fora arejar.
– Falta-te alguma coisa?
– A tua ausência.
– Então espera sentado.
– Não é preciso.
– Claro que sim.
– Mas eu, voltarei.
– Sentirás minha falta.
– Não sei não.
– Duvido um pouco.
– Não te interessa.
– É problema meu.
– Comigo é assim.
– Ninguém faz farinha.
– Não esqueço traições.
– Vai, não voltes.
– Sentirei tua falta.
– Não me interessa.
– Mas vou sofrer.
– Será? Paciência.

Natalina Marques, 56 anos, Palmela

Desafio RS nº 29 – sempre frases de 3 palavras apenas

Sem comentários:

Enviar um comentário