10 março 2016

Raio da cabra!

Já se pôs o sol, o dia é chegado ao fim,
e eu farta de correr, saltar penhascos
à procura daquela CABRA que não sei onde se meteu.
Eu só espero que não tenha passado aquela velha PONTE,
não sei se aguentaria.
Eu é que não passo de certeza, não estou com vontade 
de acabar no RIO.
Raio de vida a minha, não podia ter escolhido
outra profissão? Quem me manda a mim
só saber guardar cabras.

Natalina Marques, 56 anos, Palmela
Desafio nº 87 – ponte, rio, cabra


Sem comentários:

Enviar um comentário