02 março 2016

Tertúlia

Aquela tertúlia era muito pouco ortodoxa: sabíamos!
Aquário tabernal e mavioso para os sábios.
Aristides tinha entrementes muitos planos obscuros, secretos.
Assim tivesse ele muito poder, ousaria subjugá-la.
Ababelado, transmutou-se em Montemorency para oprimi-la sadicamente.
Adele também era muito perspicaz: ouvia silêncios!
Assustava todos estes mafarricos, parecendo ornado
Ah, tonta estúpida, mulher pérfida, ousada, sanguessuga!
Aristides tremia esta maquiavélica putéfia: ocultismo secular.
Astuciosamente, tramou emboscá-la mortalmente, postulando orgíaco sangue.
Ambos tiveram estavanado merecimento: pereceram ouvindo Schönberg!

Fernando Morgado, 60 anos, Porto 

Desafio nº 104 – letras obrigatórias: A T E M P O S

Sem comentários:

Enviar um comentário