22 março 2016

Um dom que valeu ouro

A minha Maria trabalhava demais: lavava, varria… uf.... chegava tão estafada à cama que não havia Maria para ninguém. Daí não termos filhos…
Vivia desolado…
Um dia sonhei que tinha um dom: abanava as orelhas, tudo ficava arrumado. Foi tão intenso que acreditei… Mas… não sabia abaná-las!
Fiz meditação, fisioterapia… até circoterapia. Aprendi!
Experimentei… resultadão… mexia as orelhas, tudo ficava arrumado, varrido, luzidio…

Hoje, velhinho, sinto-me realizado… tenho sete filhos, sete filhas e setenta e sete netos!

Domingos Correia, 58 anos, Amarante
Desafio Escritiva nº 6 – poderes mágicos no corpo

Sem comentários:

Enviar um comentário