02 março 2016

Voar

Ontem roubaram-lhe a bicicleta. Na garagem ficou, desolado. Pedro não queria viver. Viver sem a camarada! A amiga de sempre… Não encontraria outra igual. Decidido, raivoso, saiu depressa. Subiu as escadas, doido. Ligou à polícia, nervoso. Sozinho em casa, gritou. Queria abalar o mundo. A sua predileta desaparecera! E o seu encontro? Como ficaria a Marta? O caminho era longínquo. Agora, o que fazer? Traição pensaria ela, decerto! Logo o primeiro encontro! Não, nem pensar! Vou voar…

Andrea Ramos, 39 anos, Torres Vedras
Desafio RS nº 12 – texto em prosa com frases de 4 palavras

Sem comentários:

Enviar um comentário