28 abril 2016

A minha vida

A HISTÓRIA da minha vida
não tem muito que lembrar,
UMA vida que foi vivida
com sonhos para sonhar.

Muitos sonhos que sonhei
e nunca foram realizados,
tirando o de SER mãe,
os outros, ficaram guardados.

Nunca QUIS ir muito além
do que aquilo que podia,
e os conselhos de minha mãe
eu acatei, com amor e alegria.

E no tempo em que vivi
a construir minha história
SEMPRE ensino o que aprendi
e guardo na memória.

Natalina Marques, 57 anos, Palmela
Desafio nº 2 – “Sempre quis ser uma história”, palavras obrigatórias por ordem inversa

Sem comentários:

Enviar um comentário