24 abril 2016

O tombo

Levantou-se cedo. A lista dos afazeres era grande. Gostava de ir apontando para que nada falhasse. Ali estava a lista: cabeleireiro; compras no híper; ida à padaria; sim, não podia esquecer o pão feito em forno de lenha; deixar os sapatos no seu amigo sapateiro; levar as flores à campa do seu marido; por último, o jantar. A amiga Benilde prometera visitá-la. Apressou-se e… grande tombo! Sempre aquele maldito degrau… Ir ao hospital, não estava na lista…

Amélia Meireles, 62 anos, Ponta Delgada

Sem comentários:

Enviar um comentário