26 abril 2016

Sou um bule rachado, sou...

...Envelhecido, sem embargo, sirvo a todos...  
Sou desgastado pelo tempo, 
Entretanto, dou meus últimos goles aos demais... 
Sem pestanejar, vou servindo 
Pois quem não serve para servir 
Não serve para viver... 
Contudo, vão me enchendo sem parar até me pelar de tão quente o que colocam em mim. 
Não percebem que eu sinto dor nas costas e em toda parte do meu corpo pela minha idade... 
Esparramo já líquido, bem que poderiam bem me colocar numa cristaleira...

Rosélia Bezerra, 61 anos, Rio de Janeiro, Brasil

Desafio nº 4 – começando a frase “Sou um bule rachado, sou”

2 comentários:

  1. Boa noite, querida Margarida!
    Obrigada por publicar aqui...
    Bjm muito fraterno

    ResponderEliminar