15 abril 2016

Tenta...

Já não entendo. Primeiro as flores. Depois a carta. Sempre tudo anónimo. Sem qualquer identificação. Querias mesmo enlouquecer-me. E quase conseguiste. Mas, consegui aguentar. Agora, digo chega! Pára os jogos! Manipuladores, infantis, doentios. Fui mais uma. Acreditei em ti. Era tudo mentira. És um falso. Mentes sem pensar. Pensas em continuar. Não tens vergonha!? Sempre foste assim. Um autêntico verme. Mas, vou desistir. Não consegues mudar. Ou não queres. Tenta uma vez. Não será fácil. Mas, tenta.

Sara Catarina Almeida Simões, 28 anos, Coimbra
Desafio nº 83 – texto sobre imagem de Francisca Torres

Sem comentários:

Enviar um comentário