20 maio 2016

Deixas...?

Manuel não aguenta mais aquelas contas. Nem os dedos sabiam o resultado! Esconde o lápis debaixo do armário: “Mãe o lápis caiu, não o encontro… Um duende mágico deve tê-lo apanhado e guardado! Assim não consigo fazer as contas. Deixas-me ir brincar?”… Ouve-se um som por baixo do armário… Aparecem umas patinhas de gato a empurrar o lápis. A mãe percebe e divertida diz: “Vai lá, meia hora. Depois voltas para acabar.” Um beijo sela o acordo!

Silvina, 45 anos, Sintra

Desafio RS nº 37 – o lápis caído no chão

Sem comentários:

Enviar um comentário