02 maio 2016

Querido adaptador

Querido adaptador, obrigado. Obrigado pelo seu trabalho e objetividade para executar a árdua tarefa de transformar uma obra literária complexa numa historia fácil de ler e entender para as idades mais jovens e pessoas cuja língua materna não é o Português. Há pessoas que pensam que os adaptadores não são escritores, mas para mim você é um pilar muito importante da literatura moderna e antiga. Você é escritor porque potencia a literatura em todas as suas formas.

Adriana de Miguel Álamo, 19 anos, Santander, prof Paula Pessanha Isidoro
Desafio nº 26 – dedicatória para alguém


Sem comentários:

Enviar um comentário