13 julho 2016

O sonho de Nico

O sono esgotou-se cedo e o ouriço Nico ficou refletindo: como vou resistir sem mimos de Neli? Como é que se perdeu por outro? Findou o meu tempo neste bosque onde viverei só!
Encerrou no velho tronco o sonho de viver feliz com Neli e fugiu.
O sol pôs-se três vezes. Continuou decidido, escondendo-se do sonho. No quinto pôr do sol, sentindo-se bem longe do seu sonho, repousou; enroscou-se e dormiu.
O sono teimou: trouxe-lhe Neli. Chorou.
Maria José Castro, 56 anos, Azeitão

Desafio RS nº 39 – história de amor sem A!

Sem comentários:

Enviar um comentário