25 agosto 2016

77x77 - Maria João Lopo de Carvalho

Adamastor
Era feito de muitos azuis, o Adamastor. Não é metáfora, é ele. Vi-o do meu veleiro. Vi-o esculpido na rocha. Luiz Vaz não o inventou. Descreveu-o tal como ele é. Piscou-me o olho, entre as rugas da pedra, e rugindo perguntou: «então és tu que me ousas desfiar?» Cuido que não deve ser rocha, para ter visto muitas mulheres levantadas do mar a desafinarem o hino nacional, mas enfim, com um sopro, abrandou o mar e sorriu-me.

4 comentários: