07 agosto 2016

77x77 - Teresa Meireles

Varanda, em baixo um cágado. De joelhos, a menina esticava a cabeça por entre as grades. Quando quis sair, não conseguiu. Estava presa. Incompreensão, irritação, angústia, medo. A avó chamou-a, estranhou, chamou de novo até que a viu e percebeu. Voltou com duas facas. A menina viu-as e pensou que só cortando as orelhas poderia sair. A avó encostou as facas às orelhas da menina, aconchegando-as à cabeça, fazendo-as passar assim pelas grades. Segundos que pareceram séculos.

2 comentários: