30 agosto 2016

A Menina Que Venceu o Sonho

As escarpas anunciavam-se dominadoras. Vale, Rio e Aldeia eram-lhe submissos, e a vida fluía sem sobressaltos.  Mariazinha é que na garridice dos doze anos, fermentava ideias que não cabiam na aldeia.  Solenemente escreveu:
– Hei-de ir ao outro lado do mundo. E alguém me esperará.
O recado involucrado numa garrafa, fez-se ao rio.  Mas o rio era preguiçoso e a mensagem só chegou doze anos depois. Foi Mariazinha quem a apanhou com a ajuda de quem a esperava.
Elisabeth Oliveira Janeiro, 71 anos, Lisboa

Desafio Escritiva nº 11 – mensagem na garrafa

Sem comentários:

Enviar um comentário