13 agosto 2016

Ai, Nico...

 adulto, conduziu Nico sem animosidade uma camioneta. Transportava por ordem do hospital municipal pacientes com problemas de sanidade mental.
Inimaginável – a pretexto de ir aos sanitários deixava o autocarro. Tivera um pecado venial, nesta canícula. Engolia volumes iníquos de cervejas de volta, esteve em pânico – faltavam-lhe dois doentes.
No regresso, o malandro deu boleia a dois viajantes e enganoso entregou-os no hospital, informando de meninos renitentes. Dizia terem problemas definitivos porque pensam que são turistas estónios.
Theo De Bakkere, 64 anos, Antuérpia – Bélgica

Desafio RS nº 40 – 14 palavras com a sílaba NI

Sem comentários:

Enviar um comentário