17 agosto 2016

O ornitólogo nipónico

O banqueiro nipónico partiu para a Nicarágua. Tinha a vida aniquilada por uma transação errada e sentia-se um bloco amorfo de granito.
Estava desanimado e sabia que ia ser punido pelos seus pares.
Contratou Daniel, rumou à floresta e decidiu estudar a nidação das aves. Era organizado e anilhar umas aves ia ser canja.
Deixava-se ficar, aninhado, a observar os ninhos, mas a tarefa não era fácil.
Afinal não estava prevenido para as dificuldades de ser ornitólogo.

Maria José Castro, 56 anos, Azeitão

Desafio RS nº 40 – 14 palavras com a sílaba NI

Sem comentários:

Enviar um comentário