04 agosto 2016

Sou

Sou o que o Sol diz,
O que a chuva quer
E o que o vento manda...

...Sou a noite
Sou o dia.

Talvez me entenda.
Talvez não me esforce.
Talvez me ausente de mim...

...Talvez me escape o norte
No olhar distante que me distorce.

Talvez não grite
Porque o grito sou Eu.

Talvez não goste do Mundo assim
E o Mundo goste de mim.

Não importa!

Eu amo a vida
E a vida quer-me assim...
Maria Júlia Reina, 59 anos, Oeiras

Desafio nº 109 – solidão no meio de gente

Sem comentários:

Enviar um comentário