25 setembro 2016

Exemplo da professora para os alunos - lindo!

Desci o poço esguio e profundo, toquei com o pé o frio escuro. 
Pensei: «O centro é um zero, um negro curvo». 
Senti escorrer um suor quente, espesso, como se tivesse febre. 
«O centro é um delírio vertiginoso - é isso! - um redemoinho que nos impede de ser fio-de-prumo». Que susto! 
Subi o poço com custo, suei, gritei, ouvi o eco repetir-me o medo. Respirei fundo. Esforcei-me. Toquei o cimo, o bordo; senti-me forte, de novo.
Maria Teresa Meireles, 53 anos, Vila Nogueira de Azeitão - como incentivo para os seus alunos

Desafio nº 37 – uma história sem usar a letra A

Sem comentários:

Enviar um comentário