01 setembro 2016

Faz!

O verde do vidro tentava submergir do azul das águas, para se fazer presente. Deixou-se ir, deixou-se prender àquele objeto. Possuída de curiosidade, aquietou-se até que a areia a fez cativa. No interior, o papel enrolado escondia a mensagem. Vagueara, tal como ela, por outros mundos. A frase era curta e denunciava o tremor com que as letras haviam sido desenhadas.  “Sê e faz alguém feliz”. Não, não iria agora desistir de viver. Tentaria novamente ser feliz!
Amélia Meireles, 63 anos, Ponta Delgada

Desafio Escritiva nº 11 - mensagens na garrafa

Sem comentários:

Enviar um comentário