17 setembro 2016

O segredo

A notícia foi recebida com agrado e sem surpresa. Diria até que, para alguns, aquela boa nova chegava com algum atraso.
Anos a esconder os truques, que a levaram a conseguir tamanha façanha, só podiam ter aquele resultado: inveja e regozijo. É certo que jamais estava sozinha, mas o que ela não sabia é que, por trás daquelas caras de compaixão, havia sorrisos interiores de: “Quiseste guardar o segredo da tua solitária perda de peso? Agora paga!”
Paula Cristina Pessanha Isidoro, 35 anos, Salamanca

Desafio nº 109 – solidão no meio de gente

Sem comentários:

Enviar um comentário