18 outubro 2016

Buskaqui

– Sim, 111, posso ajudar?
– Sim...
– Senhora, é da Central de atendimento Buskaqui.
– Pois então, o que perdi me dói tanto, estou quase perdida...
– Não entendi: a senhora perdeu ou está perdida?
– Eu perdi e me perdi...
– A senhora pode ser mais clara, por favor?
– Não, aqui está tudo escuro, pois que dias já nem têm sol...
– Entendi. Busque a calma para a alma, alegria aquece o coração, amores vêm, vão e virão...
Roseane Ferreira, Estado do Amapá, Macapá, Extremo Norte do Brasil

Desafio nº 111 – linha de atendimento 111

Sem comentários:

Enviar um comentário