17 outubro 2016

Esquisito?

Vi o coelho e segui-o discretamente. Sem conhecer o sítio onde me encontro, procuro um coelho cor-de-neve. Ele diz eu sou um ser esquisito. Ele veste-se com um colete muito fino e tem sempre consigo um relógio de bolso.
Pergunto-me se ele tem medo de mim!?
Onde estou ninguém tem o mínimo juízo, ninguém é (nem um pouco) sério e todos me dizem o mesmo: que sou um ser esquisito.
Socorro, estou com muito, mesmo muito medo!
Matilde Taleço, 6ºJ, EB José Maria dos Santos, prof Teresa Meireles

Desafio nº 37 – uma história sem usar a letra A

Sem comentários:

Enviar um comentário