09 outubro 2016

Vive!

O homem disse-me:
Nunca acredites no que vês! Há mais para além disso.
Como? Perguntei.
Não percas a capacidade de te espantar, de procurar luz para além do que te é mostrado.
Ok… sussurrei.
Não percebi.
Contei ao avô.
Querido neto, aquele que vive em espanto deixa portas abertas no sonho… pode voar! Quem perde essa capacidade não vive, sobrevive.
Nunca pararei de sonhar! Retorqui.
Deitei-me a pensar no assunto, enquanto a lua me espreitava pela janela.
Carla Augusto, 48 anos, Alenquer

Desafio RS nº 34 – frase de Mia Couto

Sem comentários:

Enviar um comentário