25 novembro 2016

Arthur e o pássaro

Um passarinho queria voar mais alto que as nuvens mas estava preso numa gaiola na casa do pequeno Arthur. O rapaz não queria que o passarinho estivesse triste, então, num dia de nevoeiro, saiu com a gaiola e abriu a porta. Sabia que o pássaro não tinha força para voar longe.
Nos dias seguintes, o pássaro estava livre, mas ficou sempre ao pé do Arthur porque, mais importante que a liberdade, sabia que tinha um verdadeiro amigo.

Nathalie Dias Hacques, 48 anos, Frossay, Bibliotecária em França entre Nantes e o Atlântico

Sem comentários:

Enviar um comentário