07 novembro 2016

Clara e Berta

Clara, por ser chefe,
Julga-se bem esperta,
Para ela é escura
A mente de Berta!

– Mexe-te pateta,
Usa a esperteza!...
Tão estupidazinha,
Não sais da pobreza!...

Mexe o espanador,
Olha-me esse chão!...
Se não vês às claras,
No escuro, então!...

Mexe-te – diz ela –
Mas que escuridão!
Tão estupidamente
A lamber o chão!...

Clara vê-se a si
Sem estupidez,
A espertalhona
Cheia de altivez!

Berta é competente,
Limpa tudo bem!
E essa impertinente
É mais do que quem?
Maria do Céu Ferreira, 61 anos, Amarante

Desafio nº 112 – 3x5 palavras no texto

Sem comentários:

Enviar um comentário