07 novembro 2016

Papai Noel

“Oi, chamo-me Fátima. Hoje quero fazer uma brincadeira. Começo uma história. Deves completar, tampar a garrafa e devolvê-la ao mar.
É madrugada no Recife. Acordo antes que todos para ver Papai Noel chegar.”
“Ouço um barulho que vem de fora...”
“O trinco da porta se mexe e uns pacotes caem ao chão...”
“Alguém apressado não consegue abrir a porta, deixa tudo e vai embora.”
“Da janela, vejo-o sair. É ele, Papai Noel!!! Entra num carro e parte.”

Clara Bezerra Souto, 28 anos, Salamanca, prof Paula Pessanha Isidoro (USAL)
Desafio Escritiva nº 11 – mensagem na garrafa

Sem comentários:

Enviar um comentário