17 novembro 2016

Tomar as rédeas

Que estúpida! Nunca aprendo. Abrem-me os olhos, volto a cair. Depois zango-me comigo. 
“Pensamento positivo, diz-me a Júlia, nunca mudarás nada enquanto estiveres nessa apatia e repetires os mesmos gestos, as mesmas palavras…”
Sim, mas não consigo mudar. Implica quebrar um hábito, faz sofrer. 
Passa, insiste, optar traz perdas e ganhos”. 
Nessa noite, não abri a porta. Não correrei mais atrás dele.
Se me amar lutará por mim. 
Não morrerei sem tomar as rédeas da minha vida!
Carla Augusto, 48 anos, Alenquer

Desafio nº 105 – frase de Einstein

Sem comentários:

Enviar um comentário