13 dezembro 2016

6000?!

No ano passado eu estive a estudar numa cidade inglesa com o programa Erasmus. Na época de exames, tive de preparar um “essay” de 6000 palavras que representava 100% da nota final. Quando estava quase a enviá-lo pela Internet, dei-me conta que tinha de imprimi-lo e entregá-lo em mão na universidade. O prazo terminava em apenas 30 minutos. E entrei em pânico. No entanto, corri. Não, não corri: VOEI. E desde esse dia acredito mesmo em milagres.
María Martín-Luquero Rodríguez, 20 anos, Salamanca, prof Paula Pessanha Isidoro

Desafio Escritiva nº 13 – recordes pessoais

Sem comentários:

Enviar um comentário