21 dezembro 2016

Elsa e o louro...

Miguel sentia-se prisioneiro da sua nova namorada – beleza e sensibilidade.
Elsa estava a chegar. Trazia uma notícia importante. Por tudo, preparou-lhe o seu melhor repasto: vitela à Lafões.
Não poupava nos condimentos e nos cuidados; azeite e batatas eram selecionados a preceito… e a folha de louro catapultava todos os sabores. Constatou, em desespero, que esse tempero lhe faltava. Desconforto!
Tliiiimmmm-tliiimmmm!
– Obrigada pelo jantar. Sabes que agora, grávida, não posso sequer cheirar a folha de louro!
Fernando Morgado, 61 anos, Porto

Desafio Escritiva nº 15 – falta um ingrediente e o jantar é dali a nada…

Sem comentários:

Enviar um comentário