26 janeiro 2017

Cinzento? Não

Um dia cinzento, morno, sem graça. Lá estavas tu, sozinho no sofá, longe de tudo. Fazias-te sentir pelo tilintar dos dedos na caneca de chá já meio vazia. Desencanto, tristeza, vazio, transpirava o teu olhar. Os minutos passavam mas não por ti. Os dedos continuavam como uma rotina nua e seca...
De súbito, um raio de sol atravessou a sala. O teu neto adorado, acabava de aterrar no teu colo. Só ele para te trazer de volta! 
Mariana Sanchez, 37 anos, Barcelona, Espanha

Desafio RS nº 25 – dedos que batem no vidro (cena)

Sem comentários:

Enviar um comentário